A REPATRIS

foca-se em promover e divulgar património suscetível de ser preservado e requalificado, salvaguardando a sua imagem e valor.
Faz a identificação e inventariação do património em necessidade de intervenção, de forma a que possa ser classificado e posteriormente reabilitado, permitindo não só a transformação estrutural e funcional, mas também social e cultural.
A sua ação social em prol da comunidade, permite a participação dos cidadãos (escolas, universidades ...) nos projetos de reabilitação promovendo, assim, uma literacia para a salvaguarda e reabilitação do património. .
Do ponto de vista económico segue-se o processo de patrocínio o investimento, contando com parcerias de caráter público e privado, visando atrair
investidores, mantendo ou atribuindo a os espaços reabilitados , uma nova funcionalidade. promovendo um fomento no
turismo, criação de novos empregos e um retorno de investimento.
NIPC 515119989



Repatris em imagens

17

Possíveis projetos


Realizamos ações para valorizar nossa herança.



Missão

Identificar, documentar, valorizar e reabilitar património desafetado, seja ele, material ou imaterial
Integrar o património desafetado na vida e necessidades contemporâneas;
Consciencializar a sociedade para os valores culturais criando novos hábitos no que toca à salvaguarda do património
Reduzir as assimetrias sociais;
Desenvolver o intercâmbio de práticas, saberes e conhecimentos no campo da proteção e da reabilitação
Preservação do meio ambiente e o desenvolvimento sustentável.
Criar oportunidades sócioeconómicas através da participação dos cidadãos nos nossos projetos;


Visão

* Ser a principal referência na salvaguarda do património disperso pelo norte e centro de Portugal e pela Galiza
* Criar valor de imóves desafectados a partir da aplicação de novas funções
* Transmissão cultural do património a gerações futuras con a promoção do património cultural espalhado

Valores

* Responsabilização social e ambiental,
* Comunicação, Educação,
* Salvaguarda, Reabilitação e Rentabilização

Modo de funcionamento

Quando um imóvel / móvel que requer recuperação é localizado, ele é classificado de acordo com o seu possível destino final.

A

Nos casos em que não há possibilidade de ser economicamente sustentável por si só, como monumentos, trilhos e rotas, pontes, aquedutos, etc ..., procuram-se patrocinadores altruístas que desejam desinteressadamente fazer uma ação cultural em favor da sociedade e do património. Dependendo da importância do elemento, podem ser patrocinadores individuais ou em parceria. Em ambos os casos, poderão auferir de deduções fiscais de acordo com a lei.

B

Nos casos que podem ser sustentáveis, por ser possível no futuroaí desenvolver uma atividade, o processo consiste em encontrar a solução que pode ser viável e oferecer aos investidores a execução da restauração e iniciar o projeto com a criação de emprego e riqueza na região, priorizando projetos que tenham caráter social, ou que sejam desenvolvidos em prole da saúde, educação e respeito ao meio ambiente.


COLABORAÇAO
Contamos com um grupo de investidores leais e contamos com a colaboração de especialistas em aquisições e fusões que podem encontrar grupos e empresas especializadas em cada setor com empresas valiosas e de forte crescimento.
A equipe técnica multidisciplinar da Repatris fornece sua colaboração aos proprietários para preparar projetos e estudos de viabilidade específicos para cada caso.
Além do acima exposto, realizamos o trabalho de divulgação estando desde já disponíveis para uma colaboração sincera com Instituições, Museus, Universidades (História e Humanidades, Arqueologia, Belas Artes, Arquitetura, Engenharia, Geologia, ...), Escolas primárias e secundárias, e outras pessoas ou associações com interesses semelhantes que podemos enriquecer e com quem podemos compartilhar objetivos.
Para todos eles antecipadamente nosso reconhecimento

Áreas de atuação

Atuamos em todo o território, focados nos seguintes tipos de património

Industrial
Imóveis (fábricas, moinhos). Móveis (autos, motas, máq agrícolas)

Civil Privado
1ª Zona Norte, 2ª Zona Centro, 3ª Zona Sul

Urbano, Interior, litoral e cada um deles com as seguintes subdivisões: Privado, Turismo, Social e Cultural, Saúde, Outro

Obras Públicas
Faróis , Outros

Militares
Fortalezas, quartéis

Obras sociais
Escolas, Misericórdias, Teatros, Outros

Patrimonio IMATERIAL
(Tradições Orais; Tradições artísticas,Saberes e Técnicas tradicionais e relacionadas com a natureza e o universo)

Etnográfico
Costumes e tradições, festas locais, música, gastronomia,

Monumentos
Pontes, fontes, aquedutos,

Religiosas
Igrejas, capelas, mosteiros e conventos.

Rotas e caminhos
(Caminho Santiago, Via Mariana, Via Romana 70 aC Astúrica-Bracara)

Aldeias e conjuntos